Visita ao MARL com o Fomecas

Visita ao MARL com o Fomecas

Durante as férias do Carnaval, as crianças do 1º ciclo das escolas Fernanda de Castro e nº 72 tiveram a oportunidade de visitar o Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL) no âmbito das atividades do Projeto de Refeições Escolares Saudáveis, o Fomecas.
Após uma curta viagem até Loures, os pequenos depararam-se com a grandiosidade de um mercado onde é realizado o comércio de frutas, hortícolas, pescado, mariscos, gorduras e flores.
No MARL fomos recebidos pela Associação 5 ao Dia, organizadora e dinamizadora do Programa 5 ao Dia.
Tal como o Projeto Fomecas, o Programa visa promover o consumo diário de, pelo menos, 5 porções de frutas e hortícolas, potenciando uma alimentação saudável e contribuindo para a prevenção de doenças associadas a maus hábitos alimentares.
Após uma sessão de esclarecimento sobre a importância e formas de consumo de frutas e hortícolas, as crianças assistiram ao visionamento do filme animado Nutri Ventures.
A partir das aventuras destes heróis que procuram os alimentos saudáveis, entretanto banidos pelo mau da fita, as crianças tomaram consciência da importância do consumo de “uma mão cheia de Nutri-Powers” por dia. E porque não partir logo para a ação?
Todos provaram um delicioso sumo de abacaxi e, divertidamente, participaram no jogo de adivinha de diversas frutas, mas com olhos vendados, aguçando os sentidos do olfato e do gosto.
Mais ainda! Com todo o entusiasmo, confecionaram uma salada de frutas que puderam degustar posteriormente na escola ou em casa.
Chegou então a hora de visitar alguns dos pavilhões do MARL e as crianças foram conhecer frutos e legumes menos comuns, espantando-se com a quantidade de caixas de alimentos empilhadas até perder de vista, as gigantescas câmaras de frio, as câmaras de maturação e ficaram com uma vontade enorme de conduzir um dos muitos carros empilhadores que circulavam de uma lado para o outro. Foi mesmo muito divertido!
Após o regresso à escola, as crianças tiveram a oportunidade, sob a orientação da responsável do Projeto Refeições Escolares Saudáveis e das educadoras do CAF (Componente de Apoio à Família) -, de refletir sobre as aprendizagens efetuadas e manifestar a sua opinião através de desenhos e frases sobre o que mais gostaram na visita.
Uma experiência que, tão cedo, não vão esquecer e que potenciará, no presente e no futuro, escolhas alimentares mais saudáveis.
*