Oficina das Emoções – 3ª Edição

Oficina das Emoções – 3ª Edição

A 3.ª edição da Oficina das Emoções, que decorreu na Junta de Freguesia da Estrela, teve como destinatários alguns colaboradores da Casa de Proteção e Amparo de Santo António.
Auxiliares de Ação Educativa, Educadoras de Infância, e outras pessoas que trabalham diretamente com crianças nas valências de Creche e Jardim de Infância receberam com esta Oficina novas aprendizagens em torno da expressão criativa de diferentes estados emocionais, ajudando-as a refletir sobre o impacto das emoções, tanto nas suas vidas pessoais, como na sua atividade profissional.
Através do Programa de Apoio às Instituições Particulares de Solidariedade Social, a Junta de Freguesia da Estrela procura potenciar e capacitar as instituições locais indo ao encontro das suas necessidades.
A Oficina das Emoções consiste numa formação vivencial, que tem como principal objetivo ajudar os profissionais a reconhecer e a gerir as emoções através de técnicas criativas da Arte-terapia.
Este curso decorreu na Academia Estrela, e desta vez foi alargado para 7 horas, tendo sido reforçado com vários exercícios de teatro, que possibilitaram a exploração do “sentir as emoções” no corpo, facilitando a percepção de cada participante sobre as emoções e comportamentos no quotidiano.
A Oficina ajuda cada um a entender o que sente em relação a si próprio e aos outros que o rodeiam, assim como a aprender estratégias criativas de expressão de sentimentos e emoções, que facilitam a regulação emocional em contexto de trabalho.
Acreditamos que estas ferramentas da Oficina são essenciais e um excelente complemento para as participantes, oferecendo-lhes a oportunidade para viverem novas experiências que permitem sentir, identificar, refletir e expressar as emoções de forma criativa.
*

Foi criado um poema de improviso na Oficina das Emoções – Poema de Grupo:

E com as emoções “bora” lá trabalhar!
E sempre, sempre a criar com alegria.
Motivação para o trabalho.
Só aprendemos com emoção.
Sempre com otimismo.
Somos emotivos, a emoção comanda a vida.
Mas também temos que saber controlar as emoções.
Juntos aprendemos a ser.
E a brincar conseguimos aprender.