Carregar Eventos

« All Eventos

Exposição “Gago Coutinho: O Sábio Viajador – Da Madragoa para o Mundo”

6 Fevereiro @ 9:00 - 1 Março @ 20:00

Gratuito

A partir de 4 de fevereiro e até 1 de março, na Biblioteca / Centro de Documentação da Estrela, estará aberta ao público a exposição documental comemorativa do 150.º aniversário do nascimento de Gago Coutinho.

“Gago Coutinho: a sua capacidade era de um sábio completo, investigador genial, dotado de uma autoridade feita de experiências e de trabalhos árduos. Homem do mar e do mato, era também técnico do grande laboratório constituído pelos observatórios e pelos arquivos.” (Sarmento Rodrigues, 1965)

Gago Coutinho nasceu no dia 17 de Fevereiro de 1869, em Lisboa, na “antiga Praia do Restelo” (como gostava de realçar).
Oriundo de uma família humilde da qual se orgulhava, nunca renegou as suas origens e conservou sempre a mesma simplicidade, mesmo quando já era um oficial com méritos científicos reconhecidos ou quando se tornou um “herói da aviação”.
Residiu, entre 1883 e 1959, na Rua da Esperança, n.º 164, 2.º, mantendo até ao final da sua vida uma profunda ligação afetiva com a sua casa / rua, e uma relação de grande proximidade com o povo do bairro Madragoa. E, como descobrimos recentemente, foi associado e dirigente da Coletividade “Vendedores de Jornais Futebol Clube” (organizadora da Marcha da Madragoa entre 1932 e 1981), à qual legou alguns documentos e objetos pessoais que se revestem de inestimável valor patrimonial (doados, em 2018, à Junta de Freguesia da Estrela).
Estudante dedicado, possuidor de uma inteligência invulgar e de uma insaciável curiosidade, leitor compulsivo de todos os tipos de literatura, defensor da liberdade de pensamento, aliava o seu desejo de “conhecer e descobrir” a um espírito aventureiro que o levou a definir-se essencialmente como “grande viajador” (por mar, terra e ar).

Figura histórica incontornável, Gago Coutinho tem sido sobretudo reconhecido pela memorável primeira travessia aérea do Atlântico Sul (Lisboa – Rio de Janeiro) que realizou, em 1922, com Sacadura Cabral, a bordo do modesto hidroavião Lusitânia. Feito tão relevante que, em 2011, a UNESCO inscreveu no “Registo Internacional da Memória do Mundo” os relatórios desta viagem épica. Mas o seu valioso contributo para a cultura científica dos séculos XIX e XX (e a sua projeção internacional) deve-se também à sua incansável dedicação a muitas outras áreas do conhecimento, enquanto marinheiro, geógrafo, geodeta, historiador, matemático e astrónomo.
A tudo isto aliava uma personalidade controversa e cativante, alicerçada na defesa de ideais e valores de liberdade, frontalidade, coragem, lealdade, generosidade…
E ainda conseguia ter tempo para se dedicar à prática desportiva e para cultivar a paixão pelas artes (teatro, cinema, fotografia, entre outras).

O principal objetivo desta Exposição é, pois, dar a conhecer o perfil humano de um “herói nacional” cuja memória continua bem presente no bairro onde viveu e que pode constituir uma referência positiva / fonte de inspiração para as gerações mais novas.
Neste sentido, a Equipa da Biblioteca irá promover visitas guiadas para grupos escolares.

Esperamos por si!

Detalhes

Início:
6 Fevereiro @ 9:00
Fim:
1 Março @ 20:00
Preço:
Gratuito
Evento Categorias:
,

Local

Academia Estrela
Rua do Quelhas 32
Estrela, Lisboa 1200-779 Portugal
+ Mapa Google
Telefone:
808911313