A partir de 1 de julho a limpeza de graffitis é responsabilidade da Câmara

A partir de 1 de julho a limpeza de graffitis é responsabilidade da Câmara

Nos últimos anos, houve um grande investimento da Junta de Freguesia da Estrela em encontrar os meios e os técnicos necessários para a remoção de graffitis e tags, permitindo uma intervenção bem-sucedida na limpeza dos mesmos, respeitando sempre tudo o que é manifestação artística e não confundindo com o que é poluição visual – como os tags e rabiscos que destroem a propriedade alheia.

Nessas reações rápidas da Junta, recebemos constante reconhecimento da Comunidade, com total atenção à presença destes elementos e alertando permanentemente a Junta para novas situações que iam surgindo nas ruas da Freguesia.

Acreditamos que esta é uma matéria que deve ser da competência da Junta de Freguesia, tratando-se de uma intervenção na área do Ambiente e Espaço Público, e por isso acreditamos que a transferência de competências para a Junta é totalmente imperiosa, visto podermos agir mais rápida e mais eficazmente dada a proximidade da e à Comunidade, embora a Câmara entenda que é da sua esfera a remoção e limpeza de graffitis e de tags.

Recentemente na Assembleia Municipal, o Sr. Vice-Presidente da CML, Duarte Cordeiro, afirmou “que a CML entende que é da sua responsabilidade limpar graffitis e tags”. Neste sentido, para a CML não deverão ser as Juntas de Freguesia mas sim a Câmara a remover os graffitis e os tags.

Assim, a partir de 1 de julho, sempre que a nossa Comunidade pretender comunicar a existência de graffitis na Estrela, deverá dirigir-se à CML e pedir que se proceda à respetiva remoção, podendo fazê-lo através dos contactos telefónicos 808 20 32 32 / 218 17 05 52 ou através do portal da CML “Na Minha Rua”, identificando no mapa a zona onde estes se verificam.